NO AR
Programa: Jornal da Ponte
Locutor: Clemilto Oliveira e Evandro Corbari

Ações voluntárias ajudam na recuperação de pacientes em hospitais de Chapecó

Elas são realizadas através de projetos como Doutores RiSonhos e Programa Cão Amor.

Dois projetos em Chapecó, na região Oeste de Santa Catarina, ajudam a melhorar o ambiente e na recuperação de pacientes internados em hospitais da cidade. O Programa Cão Amor promove a visita de animais de estimação em um hospital particular da cidade, já os Doutores RiSonhos fazem visitas afim de levar alegria para as alas de oncologias de outros dois hospitais da cidade.
 

Visitas Pets
 
O Programa Cão Amor, criado pela médica infectologista Carolina Cipriani Ponzi, é realizado no hospital de uma cooperativa da cidade, da qual a médica é diretora hospitalar, desde agosto de 2017.


“O objetivo é realizar a visita por cães a pacientes internados no Hospital Unimed Chapecó, oportunizando momentos de descontração e alegria aos pacientes e seus familiares, e momentos de interação cão-paciente para incentivo à mobilização física, saída do leito, estímulo cognitivo e psicológico”, explica a responsável pelo projeto.


O programa conta com a parceria voluntária de uma escola de adestramento de cães de Chapecó que auxilia na seleção de animais apropriados para a atividade e acompanhamento de todas as atividades.


“Os tutores dos animais recebem orientações quanto às visitas, especialmente em relação ao suporte emocional que por ventura possam necessitar, e também em relação aos cuidados com a segurança física dos pacientes, animais e sua”, explica.

As visitas são realizadas todas as quintas-feiras à tarde por uma dupla de cães, por um período que varia de dez a 15 minutos com o paciente. Os cães vão aos leitos dos pacientes, nas unidades abertas, juntamente com seus tutores.


Carolina explica que são visitados no máximo cinco pacientes e que os animais tomam banho nas 24 horas que antecedem a visita, e tem as patas higienizadas ao entrar no hospital. Também é preciso comprovar boa saúde através de atestado de médico veterinário, e estar em uso de antiparasitário e anti-helmíntico adequados.

Sorrisos e palhaçadas
 
Desde 2012, os Doutores RiSonhos, idealizado por Vinicius Eduardo Bouckhardt, coordenador geral do projeto e interprete do "Dr. Chicote", compartilham sorrisos e alegrias com atividades realizadas em dois hospitais da cidade de Chapecó.
“Vinicius sempre admirou o trabalho realizado pelos Doutores da Alegria no Brasil, uma referência na palhaçaria nos hospitais. Aliando as novas descobertas sobre o palhaço e a experiência que já tinha vivido enquanto colaborador do Hospital Regional do Oeste, Vinicius vislumbrava como esse trabalho poderia contribuir significativamente na humanização das relações dentro do hospital”, conta Michelle Silveira da Silva, diretora artística, produtora e quem dá vida à "Dra. Barrica".


Michelle conta ainda que a partir disso começaram a dar os primeiros passos para a execução do projeto. Como o reconhecimento e a apresentação do mesmo para a instituição, cadastro na Lei Rouanet e articulação do grupo envolvido na realização.
O Projeto Doutores RiSonhos faz visitas nas alas de Quimioterapia e Oncologia no Hospital Regional do Oeste e no Hospital da Criança Augusta Muller Bohner.


“Levamos arte, alegria, bem-estar e qualidade de vida para pessoas que estão internadas e em tratamento nos hospitais públicos de Chapecó. Sabemos também que nossas visitas tem o poder de transformar uma sala de espera silenciosa, tensa, preocupada e cheia de incertezas em um espaço alegre, acolhedor, aquecido, animado e cheio de esperança que se acende com a graça dos palhaços”, destaca Michelle.


Além das visitas, são promovidas oficinas de formação para a comunidade; oficina de capacitação para os colaboradores dos hospitais; oficina de formação continuada dos Doutores formando multiplicadores; qualificação para o grupo; visitas a demais instituições de saúde da cidade e região; criação e apresentação de espetáculo teatral para a comunidade. Todas essas ações são oferecidas de forma gratuita para os interessados.
Atualmente a equipe é formada por "Dra. Barrica (Michelle Silveira da Silva), Dr. Cambito (Daniel Henrique Sagave) e Dr. Chicote (Vinicius Eduardo Bouckhardt)". No mês de outubro o grupo receberá três novos integrantes que estão finalizando o processo de seleção e ingresso na equipe.
 


“Tanto os cães quanto os tutores são devidamente identificados com o uniforme do Programa Cão Amor para as visitas. Ainda, são realizadas atividades coletivas em datas especiais, como dia das Crianças e Natal, com a presença de todos os animais, e também eventualmente as visitas são destinadas exclusivamente aos colaboradores de áreas administrativas do complexo”, destaca.


Podem receber a visita dos cães crianças e adultos. No entanto, é preciso uma autorização do paciente e também do médico assistente, que vai autorizar ou não a visita de acordo com as condições clinicas ou limitações do paciente.


Seis animais participam do Programa de maneira voluntária junto com seus tutores. São eles: Bento (tutora Daniela Domingues de Arruda); Bono (tutora Nuara Maria Sabadin); Xula (tutora Lúcia Franco); Fiona (tutora Fabiana Funk); Tião (tutora Mayra Dal Bianco Sonagli) e Cacau (tutora Mônica Vanzin).

Serviço
 
Programa Cão Amor
 

Início do projeto: agosto de 2017
Contatos: site do projeto
 
Projeto Doutores RiSonhos
 

Início das atividades: 2012
Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou site
Telefones: (49) 98866-4884 / (49) 99918-5765

Fonte: G1 SC


 

Ao Vivo

Trânsito Agora

Tempo