NO AR
Programa:

Deputados entram na Justiça para que Bolsonaro devolva dinheiro gasto nas férias em SC

Uma ação na Justiça Federal pede que o presidente Jair Bolsonaro devolva os R$ 2,3 milhões gastos no período de férias em Santa Catarina e no Litoral de São Paulo, entre dezembro e janeiro. O processo foi movido pelo deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) e pelo vereador de São Paulo Rubinho Nunes (Patriota).

Na ação, os parlamentares argumentam que as despesas de férias do presidente não poderiam ser custeadas com dinheiro público. O montante de gastos foi informado à Câmara dos Deputados pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e pela Secretaria-Geral da Presidência da República, em resposta a um pedido de esclarecimento protocolado pelo deputado federal Elias Vaz (PSB-GO).

 

O período em que foram contabilizados os gastos inclui as datas em que Bolsonaro se hospedou no Forte Marechal Luz, em São Francisco do Sul, de 19 a 23 de dezembro. Em São Paulo, no Guarujá, ele permaneceu de 28 a dezembro a 4 de janeiro. Não entraram na conta as despesas do presidente no feriadão de Carnaval, que ele também passou em Santa Catarina.Bolsonaro e família participam de pesca e surf durante visita a São Francisco do Sul, em SC

Pin It

Ao Vivo

Trânsito Agora

Tempo