NO AR
Programa: Bem Sertanejo

Suspeito confessa assalto após ser identificado por cão farejador, diz PM

Iron cheirou voltante de carro abandonado e encontrou dois assaltantes.

Com dois anos, o cão Iron, da Polícia Militar, ajudou a encontrar dois suspeitos de roubar o táxi de um idoso. Bastou cheirar um algodão friccionado no volante do carro que foi abandonado para que ele indicasse o caminho para encontrar os envolvidos. Eles confessaram o crime e foram presos em Joaçaba, no Oeste catarinense, conforme a polícia.


O assalto aconteceu no sábado (11) em Capinzal, mas as informações foram divulgadas pela PM na terça-feira (14).
Segundo o cabo Alexandre Rodrigues da Silva, treinador do animal, para roubar o táxi, os dois homens empurraram o proprietário, tiraram a chave das mãos dele e fugiram com o veículo.


Durante a fuga, o carro ficou preso na valeta de uma estrada de chão que dá acesso ao bairro Clara Adélia, em Joaçaba. Como seria necessário um guincho para retirá-lo, os suspeitos abandonaram o veículo.

Procura por suspeitos
 
Os policiais percorreram um quilômetro seguindo as indicações do animal até se deparar com os dois homens durante a abordagem de outra guarnição militar. “Eles estavam sentados no chão quando Iron correu para lamber um dos homens. Com isso, não tivemos dúvida de quem era o motorista do carro”, relatou o cabo Alexandre.


Uma guarnição que fazia diligências no Centro do município achou suspeito o comportamento de dois homens que correram depois de ver a viatura. Enquanto eram abordados pelos policiais, um deles foi identificado por Iron.

"Até então não tinham confessado o crime. O Iron indicou um deles, mostrando que o odor era o que havia sido oferecido no começo da trilha. Quando perguntamos novamente sobre a autoria do roubo, ele acabou confessando que tinha roubado o veículo”, contou o cabo Alexandre.
 
"Depois de confessar o crime, eles indicaram o local onde estava a chave do carro, próximo à igreja da cidade", disse o policial.
Ambos suspeitos tinham antecedentes criminais por furto, segundo Alexandre. Os dois homens foram encaminhados para a delegacia de Joaçaba e depois para o presídio.

Treinamento
 
“Iron recebe treinamento em nosso batalhão, em Herval D’Oeste, há um ano. Ele é um animal muito dócil e amável, especializado na busca de pessoas, seja em casos de desaparecidos quanto de envolvidos em crimes”, explicou o treinador.


Também faz parte do canil deste batalhão Thor, um cão treinado para identificação de drogas. Os dois são pastores belgas. “Depois de identificar o suspeito, Iron recebeu petisco e muitos afagos. Ele merece”, afirmou Alexandre.

Fonte: G1 SC

Ao Vivo

Trânsito Agora

Tempo